É perigoso ter lareira em casa? | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

É perigoso ter lareira em casa?

06 abril 2011

Por Iara Santos.

Lareira do condomínio Village Royale em Nova Lima, Minas Gerais.

 


Nem sempre! Atualmente, a arquitetura oferece diversos tipos de lareira como alternativa à convencional lareira à lenha. “Uma das melhores opções são as lareiras elétricas, que podem ter sua temperatura regulável, se adequando melhor ao que o cliente precisa. Já existe no mercado lareiras elétricas muito interessantes, que podem ser instaladas em um projeto de marcenaria e tem as dimensões parecidas com as de uma televisão de LCD”, explica a arquiteta. A profissional lembra ainda que, ao contrário da lareira tradicional, a elétrica poupa o usuário de obras, já que necessita apenas de uma tomada para estar em funcionamento. Além disso, a facilidade para ligar e desligar o aparelho faz dela um aparato seguro.

Outra opção são as lareiras ecológicas. Sem gás, sem lenha, sem dutos, sem fumaça e sem instalações de pontos elétricos, elas ainda permitem aos profissionais da arquitetura desenvolverem projetos arrojados e contemporâneos e aquecer bem ambientes com até quarenta metros quadrados.

Outra opção de lareira de fácil manuseio - e que também dispensa o inconveniente pouco ecológico e perigoso de lidar com a lenha - é a lareira a gás, como a que Estela Netto escolheu para este projeto de uma casa em Nova Lima. Trata-se de um modelo ilha, que distribui o calor para todos os lados e, ao mesmo tempo, permite uma permeabilidade visual. Uma mostra de como as lareiras ainda são bem-vindas e podem conferir conforto e beleza aos ambientes, com segurança e funcionalidade.

Iara Santos é formada pelo Instituto de Arte e Projetos (INAP). Faz projetos comerciais, residências e design de mobiliário, atuando também em mostras de decoração (www.iarasantos.com.br).

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório