Planejando o cantinho do seu videogame | Blog MRV Engenharia

Encontre seu imóvel

Planejando o cantinho do seu videogame

03 maio 2011

Para esconder as fiações dos videogames, a designer de Interiores Iara Santos sempre opta por projeta um painel. Para esconder as fiações dos videogames, a designer de Interiores Iara Santos sempre opta por projeta um painel.


O jogo começa antes de ligar o videogame. Além de vencer batalhas, disputar corridas, partidas de futebol e atuar em mil e uma aventuras para exercitar a mente, o espaço físico onde se curte os games deve ser bem planejado. Assim como no mundo virtual, é possível improvisar e usar a imaginação para deixar o ambiente o mais agradável possível. Conforto, modernidade e, principalmente, a criação de um cantinho aconchegante para passar as horas de diversão. Existem diversas soluções de decoração para deixar esse lugar da casa bonito e organizado.

É preciso inteligência e planejamento para ser uma fera nos games. Fora das telas isso não é diferente. A arquiteta Estela Netto chama a atenção para a importância da necessidade de planejar o espaço onde ficará alojado o videogame. “No projeto de marcenaria, você já cria espaço para abrigar os videogames. O ruim é quando você executa um projeto com o que você tem hoje, sem deixar nem uma folguinha para acumular outras coisas ou outros tipos de interesse que você possa vir a ter”, explica.

Neste projeto executado por Flávia Soares toda a aparelhagem do videogame encontra-se guardada na marcenaria sendo usada somente quando os moradores desejam brincar. Neste projeto executado por Flávia Soares toda a aparelhagem do videogame encontra-se guardada na marcenaria sendo usada somente quando os moradores desejam brincar.


O planejamento também pode dar uma ajudar os pais que necessitam regular o horário dos filhos jogarem. A arquiteta Flávia Soares dá uma dica que pode servir para controlar aqueles que não sabem a hora de parar. “É interessante que seja possível trancar o local onde o videogame ficará alojado para que os pais possam estipular melhor horários de uso, mesmo quando não estão em casa”, afirma.

Na hora de se aventurar pelo mundo virtual nenhum fator externo deve atrapalhar o momento. Então o que fazer com os vários fios que, muitas vezes, se enroscam no braço ou ficam pendurados nos móveis para chegar até a tomada? Pensando nisso, a design de interiores Iara Santos dá a dica de soluções para resolver este problema. “Sempre desenvolvo um painel para esconder a fiação, e também gosto de fazer um tablado para acomodar melhor o aparelho”, conta.

Para abrigar os videogames, a arquiteta Estela Netto procura planejar a marcenaria deixando sempre uma “folguinha”, afinal os aparelhos estão em constante evolução. Para abrigar os videogames, a arquiteta Estela Netto procura planejar a marcenaria deixando sempre uma “folguinha”, afinal os aparelhos estão em constante evolução.


Flávia Soares lembra que a tecnologia já disponibiliza controles sem fios e isso facilita no planejamento do ambiente. “Com os controles sem fios o cantinho do vídeo game fica junto ao espaço da TV e DVD. Assim cria-se um espaço vazio entre a cama e a televisão, onde as crianças podem sentar e jogar a vontade. Neste espaço há um conceito lúdico, espaço de brincar”, detalha a arquiteta.

O que vale é se divertir. Deixar o ambiente mais agradável pode tornar os momentos de diversão no mundo dos games muito mais interessantes. Além disso, permite aos pais, jovens e crianças usufruir a tecnologia que os games tem a oferecer para a família.

Deixe seu comentário *Campos de preenchimento obrigatório